Skip to main content

Soja: quais as vantagens da emergência no limpo?

Eliminar as plantas daninhas emergidas ou que estão para emergir antes do plantio da cultura proporciona ótimas condições de desenvolvimento das plantas em uma lavoura limpa e livre de interferências.

Publicado 09-11-2021 15:09:02

Linkedin Whatsapp
Lavoura de soja

A interferência das plantas daninhas na cultura da soja pode chegar a R$ 9 bilhões por ano. Esse é um dos maiores desafios que o agricultor enfrenta durante todo o desenvolvimento da lavoura e, por isso, iniciar a nova safra com o plantio no limpo é uma das estratégias mais eficazes para evitar esses prejuízos.

A matocompetição é o período em que as plantas daninhas disputam água, luz, espaço e nutrientes com a cultura instalada e prejudicam o desenvolvimento dela. Para evitar esse problema, é indicado que o produtor faça o manejo pré-emergente com a aplicação de um herbicida seletivo para o controle de gramíneas e folhas largas, antes destas emergirem, deixando a lavoura livre para a cultura da soja.

Quais as principais espécies de daninhas da soja?

As plantas daninhas, quando não controladas, podem causar perdas superiores a 70% nas lavouras. Por isso, conhecer as principais espécies que interferem na cultura é essencial para a escolha do herbicida pré-emergente capaz de trazer vantagens ao cultivo.

Capim-amargoso (Digitaria insularis)

É uma das principais espécies que causam prejuízos na lavoura, por conta de sua agressividade e rusticidade. O capim-amargoso é uma planta perene, que tem rápido crescimento e se reproduz o ano todo no Brasil. Além disso, há casos registrados de resistência a herbicidas no país.

Capim-pé-de-galinha (Eleusine indica)

É considerada uma das daninhas mais prejudiciais à lavoura e tem facilidade para se desenvolver em regiões de temperaturas elevadas. É facilmente disseminada pelo vento e pode servir como hospedeira de patógenos que transmitem severas doenças à cultura.

Caruru-roxo (Amaranthus hybridus)

A equipe de especialistas da Syngenta dedicada aos estudos sobre o manejo de resistência de plantas daninhas registrou um comunicado, em 2018, no site da HRAC (Comitê de Ação a Resistência aos Herbicidas), sobre a resistência múltipla do caruru ao glifosato e ao clorimurom-etílico.

Cada uma dessas plantas pode produzir até 200 mil sementes, além de ter rápido crescimento e ser muito competitiva com a cultura.

Trapoeraba (Commelina spp.)

Não há casos de resistência registrados para essa invasora, mas é uma planta que merece atenção, pois produz em torno de 1.600 sementes por planta e tem rápida infestação na lavoura, o que dificulta o seu controle.

Quais as vantagens do plantio no limpo?

Vantagens do plantio no limpo da soja

Além da matocompetição inicial, as plantas daninhas também podem ser hospedeiras de fungos e pragas que causam danos à soja e ainda dificultam o processo de semeadura. Por isso, adotar o plantio no limpo vai propiciar uma produtividade maior com o pleno desenvolvimento da lavoura, que fica livre de competição.

O manejo pré-emergente traz essas vantagens, controlando gramíneas e folhas largas, incluindo espécies que apresentam resistência ao glifosato e outros herbicidas, e que podem interferir na emergência da cultura.

Outros benefícios da aplicação do herbicida pré-emergente são:

  • Controle efetivo de plantas daninhas de maior recorrência na soja;

  • Permite que a lavoura fique limpa por mais tempo, o que contribui para uma maior produtividade;

  • Maior rentabilidade ao produtor e ganho operacional, flexibilizando e até mesmo reduzindo o número de aplicações em pós-emergência.

O plantio no limpo é a estratégia mais adequada para evitar a matocompetição inicial. Começar o manejo o mais rápido possível, na pré-emergência, é a melhor forma de evitar que as plantas daninhas interfiram no desenvolvimento das plantas, porque, muitas vezes, o produtor não terá tempo hábil para realizar esse controle depois e terá a produtividade afetada”, explica o especialista Rodrigo Dourado, do departamento técnico da Syngenta.

Escolher um pré-emergente de amplo espectro e que controle com eficiência as plantas daninhas resistentes, vai permitir que o sojicultor realize seu plantio no limpo, obtendo inúmeros benefícios com o máximo de produtividade.

O melhor pré-emergente para o plantio no limpo

Quando se trata de plantio no limpo, o produtor pode contar com Dual Gold®, o melhor herbicida pré-emergente da Syngenta para os piores problemas da soja.

A solução inibe a presença de plantas daninhas que interferem no desenvolvimento da cultura nos estádios iniciais e é uma ótima ferramenta para o manejo antirresistência, devido ao seu modo de ação diferenciado, controlando também plantas resistentes ao glifosato.

Esse controle superior na pré-emergência se deve à presença do S-metolacloro, ingrediente ativo extremamente eficaz contra capim-amargoso, capim-pé-de-galinha e caruru, que confere um efeito residual prolongado no campo, evitando a emergência dessas espécies mesmo após a emergência da soja.

Dual Gold® apresenta ainda os seguintes diferenciais:

  • Alta seletividade: alta performance em plantas daninhas de difícil controle sem comprometer a cultura, contribuindo para o máximo de produtividade.

  • Flexibilidade: seu uso pode ser associado a um herbicida pós-emergente para um resultado superior no controle de plantas daninhas, tornando o manejo ainda mais assertivo.

Dual Gold® tem ação amplo espectro tanto em folhas largas como em gramíneas e o seu uso diminui a quantidade de daninhas no período de cultivo da soja, principalmente quando associado a um pós-emergente, contribuindo com o desenvolvimento saudável das plantas, o que proporciona força para largar na frente”, completa Dourado.

Atingir o máximo potencial produtivo depende de um manejo assertivo, que contemple a adoção de boas práticas agrícolas com as melhores soluções para o campo. Conte com o portfólio completo de produtos Syngenta para superar os desafios que a agricultura impõe todos os dias.

A Syngenta está ao lado do produtor rural em todos os momentos, com o objetivo de impulsionar o agronegócio brasileiro com qualidade e inovações tecnológicas.

Acesse o portal da Syngenta e acompanhe todos os artigos do Mais Agro para saber tudo o que está acontecendo no campo!

NAO TEM SEGUNDO BANNER

Conteúdos Relacionados

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta