Skip to main content

Quais os prejuízos causados pelas pragas do hortifrúti?

Uma das grandes preocupações dos horticultores é o controle de pragas, que podem atingir todos os estádios da cultura e impactar significativamente a produtividade da lavoura. Veja como evitar os danos causados por ácaros e insetos

Publicado 30-06-2021 17:28:01

Linkedin Whatsapp
Plantação de tomate

A saúde é sempre um assunto em alta, mas desde o início da pandemia mundial do novo coronavírus, em 2020, a preocupação com uma boa alimentação se tornou prioridade. Prova disso é que a OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou o ano de 2021 como o “Ano Internacional das Frutas e Vegetais''.

O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas e conta com um mercado diversificado de hortaliças. Segundo a Revista Hortifruti Brasil, a demanda crescente por uma boa alimentação e a valorização do dólar mantêm a exportação aquecida, somando 946,53 mil toneladas e alta de 5% frente ao ano anterior.

A importância do hortifrúti vai além dos benefícios para a saúde, já que o setor tem grande relevância no agronegócio brasileiro. Promover lavouras cada vez mais produtivas é um dos desafios para melhorar as boas práticas agrícolas e ampliar o mercado consumidor da nossa agricultura.

Para isso, o controle de pragas é fundamental, pois os prejuízos causados por ácaros e insetos dentro do campo podem atingir todos os estádios da cultura e impactar significativamente a produtividade e a rentabilidade da safra.

As principais pragas do hortifrúti

São inúmeras as pragas que podem comprometer a produtividade de frutas e hortaliças. Por isso, é fundamental compreender como se dá o ataque de cada inseto-alvo de acordo com o tipo de cultura, para que a tomada de decisão junto ao manejo integrado seja eficiente. Outra questão fundamental é entender de que forma as condições climáticas favorecem o desenvolvimento das pragas e quais as melhores estratégias de controle.

Entre as principais pragas que atacam o hortifrúti, a mosca-branca (Bemisia tabaci) é uma das mais agressivas à lavoura por ser polífaga, ou seja, alimenta-se de diversas culturas, como batata, melão, tomate e pimentão.

Ao atacar a planta para se alimentar, a mosca-branca transmite o vírus TYLCV e libera substâncias açucaradas que favorecem o surgimento de fungos, podendo causar a fumagina.

Mosca branca

Além da mosca-branca, outras pragas são preocupantes nas lavouras de hortifrúti, como:

  • Ácaro-rajado (Tetranychus urticae);

  • Mosca-minadora (Lyriomyza huidobrensis);

  • Traça-do-tomateiro (Tuta absoluta);

  • Broca-pequena-do-fruto (Neoleucinodes elegantalis);

  • Lagarta falsa-medideira (Chrysodeixis includens).

Monitorar as pragas na lavoura é uma etapa importante para analisar o potencial destrutivo do seu ataque e saber o momento ideal para entrar com o controle químico. Hoje, no mercado de defensivos agrícolas, é possível encontrar um inseticida com performance consistente no controle de diversas pragas, de uma só vez.

Controle único de diversas pragas

Diante da agressividade do ataque provocado pelas pragas nas lavouras de hortifrúti, a Syngenta desenvolveu Minecto Pro, o inseticida foliar com formulação potente e amplo espectro, que proporciona flexibilidade ao produtor na aplicação no campo.

A combinação de dois diferentes mecanismos de ação – Abamectina e Ciantraniliprole – proporciona versatilidade no controle, causando a paralisia muscular da praga, o que cessa a sua alimentação.

Confira os resultados da aplicação de Minecto Pro comparados aos de outras soluções disponíveis no mercado, em 2 lavouras de tomate no Estado de Goiás, em três momentos distintos (7 dias após a primeira aplicação, 7 dias após a segunda aplicação e 7 dias após a terceira aplicação):

Gráfico resultados performance

Gráfico resultados performance

Os resultados de Minecto Pro no controle da mosca-branca foram superiores em relação à concorrência, comprovando a eficiência do produto no controle das principais pragas do hortifrúti.

Minecto Pro é recomendado para diversas culturas, pois apresenta um controle superior de pragas devido aos seguintes diferenciais:

  • Formulação inovadora de suspensão concentrada, que proporciona facilidade de aplicação e mais eficácia de controle;

  • Rápida ação de controle devido à rápida penetração;

  • Efeito residual mais longo por conta da rápida absorção dos ativos na folha, evitando a perda por fotodegradação;

  • Espectro de ação ampliado, favorecendo o manejo das principais pragas para proteção do potencial produtivo;

  • Performance consistente em diferentes situações de pressão de praga e clima.

O manejo adequado e as boas práticas agrícolas proporcionam uma lavoura saudável e produtiva para o produtor. Por isso, a Syngenta conta com um portfólio completo de produtos com tecnologia de aplicação eficaz para alavancar, cada dia mais, a agricultura brasileira.

NAO TEM SEGUNDO BANNER

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta